segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Conheça 3 causas que podem estar relacionadas diretamente a falta de ânimo para treinar. - Dicas de Musculação


"O processo de crescimento muscular pode ser tido como um dos mais complexos envolvendo não só inúmeros sistemas do corpo que agem de forma coordenadamente singular e sinérgica para sua ocorrência. Principalmente, uma forma de atingir determinadas finalidades pelas quais somente com ele, ou, pelo menos através dele, se tornam mais possíveis e práticas. Entretanto, apesar dos inúmeros benefícios que a prática da musculação pode apresentar, seja em quesitos relacionados à saúde, aos aspectos físicos e estéticos, a reabilitações, entre diversos outros, este é um esporte tido como “ingrato”. Não ingrato por ser algo que gere algum tipo de desprazer, mas sim, por ser um esporte que exija certa disciplina, dedicação e, principalmente constância e continuidade. E não é a toa que, logo nas primeiras semanas que, por ventura, estamos afastados de sua prática, que já começamos a sentir na pele os “efeitos colaterais” de sua falta.
falta de animo para treinar Conheça alguns fatores para sua falta de ânimo em treinar!







Porém, para que essa consistência,
dedicação e continuidade  sejam mantidas,
é necessário tomar alguns cuidados. Os primeiros sinais de uma possível queda
de rendimento, de falta de ânimo para treinar ou até mesmo de algum
outro problema, deve ser avaliado e, se possível, corrigido o mais rápido possível,
afim não só de prevenir possíveis malefícios e descontentamentos, mas,
principalmente de evitar que contratempos como lesões, problemas de saúde
ou até mesmo uma desistência possam acontecer.
Conheceremos então, 3 bons alertas de falta de ânimo que seu  treino pode estar sendo
atingido e que podem significar a hora de realizar mudanças para que isso deixe de acontecer.
 # – Cansaço, dores musculares excessivas, dores articulares, inapetência,
 falta de sono, bipolaridade, estagnação, lentificação: Overtraining à vista!
O overtraining é o estado pelo qual a maioria dos atletas, principalmente no ramo profissional
já vieram ou estão a passar e muitas vezes se quer se dão conta. O Overtraining, na verdade, é
uma fase seguinte ao que conhecemos como overreaching que é um excesso de treinamento,
que ausa alguns dos sintomas citados e mais alguns outros. Entretanto, esse estado pode
ser corrigido em dias ou semanas, com mudanças ou, simplesmente, com um descanso
adequado. Já o Overtraining é uma fase evoluída do Overreaching, mostrando-se
muito mais duradouro e  também muito mais preocupante, sendo necessário semanas
ou até mesmo meses para uma  recuperação completa. Semanas essas que, normalmente
são regadas a descanso e protocolos alimentares corretos, além do afastamento da
maioria das atividades físicas, principalmente de alto rendimento e/ou intensidade.
O overtraining ou até mesmo levando em consideração primária
e que normalmente acontece com mais freqüência, é uma das principais razões pelas
quais a  maioria acaba entrando em um estado cíclico de desistências e voltas, prejudicando
largamente  os ganhos e resultados. E você pode observar bem a grande freqüência que
isso ocorre dentro dos ginásios. Para evitar que isso ocorra com você, algumas boas dicas
são, em primeiro lugar descansar adequadamente e tirar períodos significativos de
recuperação para o corpo, envolvendo inclusive períodos
TOTALMENTE LONGE DE ATIVIDADES FÍSICAS  INTENSAS.
# Hidratação inadequada antes do treinamento
Um outro fator que, provavelmente 95% dos praticantes de algumas modalidades,
principalmente dos musculadores em geral deixam de leva em consideração, mas, que
interferem diretamente  no treinamento é a hidratação. Este fator chega a ser tão importante
que, o corpo pode começar  a apresentar uma queda de 20% em seu rendimento caso,
por exemplo, a temperatura corpórea  suba 1ºC. Agora, imagine que, aliado a isso,
ainda temos uma perda significativa de eletrólitos (principalmente para os indivíduos que
apresentam alto grau de sudorese, perda de importantes  minerais, entre outros.
Entretanto, quando falo de hidratação inadequada, não me refiro unicamente a falta de
hidratação, mas também ao excesso dela.
Da mesma forma que, a falta pode acarretar esses prejuízos já citados, seu excesso
pode vir a interferir na digestão do pré-treino, pode fazer com que o sangue seja
direcionado ao aparelho gastrointestinal, pode causa próprios  desconfortos gástricos e
ainda promover sensações de vômito e outros, o que não é  absolutamente nada
conveniente durante o treinamento.
Segundo o que se tem de mais atual na literatura, hidratar o atleta com cerca de 700ml
de água 2h antes da prática de atividades físicas, mais o consumo de alimentos relativamente
salgados, adicionais a 200-400ml de água até 20 minutos antes do treinamento, já é
suficiente. Claro, a  reposição hídrica de aproximadamente 1,5L de água para cada
Kg perdido também é mais do que essencial após o treinamento. Entretanto, apesar dos
protocolos básicos presentes na literatura moderna, o conceito de individualidade
fisiobiológica deve ser o principal tópico de destaque, sendo assim respeitado e, jamais
negligenciado em situações de sede ou vontade de  hidratação.
# Consumo excessivo de suplementos alimentares e/ou ergogênicos
Os suplementos alimentares podem e, em muitos casos são não só grandes aliados ao
praticante de atividades físicas e ao atleta profissional. Através deles, é possível propiciar
uma alimentação e uma nutrição adequada, respeitando as necessidades individuais de cada
sujeito, além de ergogênese a estes indivíduos. Isso, necessariamente faz com que,
relacionado a estes, o  rendimento não tenda ao declínio. Porém, quando mau orientado
e, principalmente, quando não orientado, o suplemento alimentar e, principalmente
o suplemento ergogênico pode se tornar uma faca de dois gumes, sendo portanto um
fator de interferência pasme, NEGATIVA.
O suplemento alimentar ou ergogênico começa a ser algo ruim quando além de não
proporcionar a nutrição adequada e individualizada, ainda entra em substituição a nutrição
que deveria ser  suprida com a alimentação, ou seja, quando o mesmo começa a entrar no
ramo dos famosos indivíduos que “trocam comida por suplementos alimentares”.
Apesar de sua enorme capacidade nutritiva, boa digestibilidade na maioria dos casos e,
claro altíssimo valor biológico,  a dieta, ou seja, a comida sólida de qualidade ainda é a
melhor (e mais barata, diga-se de  passagem) fonte de obtenção destes. Por isso, antes
de gastar horrores e mais horrores em toneladas de suplementos alimentares,
nutra-se corretamente com o alimento e, principalmente busque orientação adequada de
um bom profissional.
Conclusão:
Estes são apenas 3 de muitos dos fatores que podem interferir em seu treinamento,
portanto, atenção e avaliações profissionais no quadros gerais fisiobiológicos, genéticos e
fenótipos de cada um é mais do que fundamental para a obtenção de bons resultados sólidos.
Bons treinos!
Artigo escrito por Marcelo Sendon"
Para ver artigo no site original clique no endereço abaixo:
http://dicasdemusculacao.com/conheca-alguns-fatores-para-sua-falta-de-animo-em-treinar/

domingo, 4 de novembro de 2012

Depressão e Alimentos - Triptofano, Folato, Camomila, Tirosina

Depressão e Alimentos - Triptofano, Folato, Camomila, Tirosina

"Como aumentar a serotonina do cérebro sem drogas"


Publicação original em 27 de março de 2012, por Felipe Epaminondas, no site:

A serotonina é uma das principais substâncias químicas presentes em nosso cérebro. Sabemos hoje que ela tem um papel importante na regulação do humor e por isso o tratamento farmacológico para a depressão e outros transtornos psicológicos costuma envolver modificar os níveis serotoninérgicos.
Mas não seria melhor para nós prevenir a depressão do que esperar chegar ao fundo do poço para começar um tratamento? Enquanto não temos vacinas ou medicamentos preventivos, existem algumas atividades que parecem aumentar os níveis de serotonina no nosso cérebro:
  1. Pensar positivo - Estudos estão sendo feitos para verificar como nossos pensamentos influenciam o metabolismo do nosso cérebro. No entanto, não é novidade que a psicoterapia, por exemplo, pode alterar este metabolismo. Tente ver o lado bom das coisas (e pessoas) ao seu redor e não focar somente nos problemas.
  2. Sair de casa - Se expor à luz do sol pode fazer nosso corpo produzir mais serotonina. Curiosamente, em análises post mortem, os níveis de serotonina de pessoas que morreram no verão costumam ser maiores dos que os que morreram no inverno. Sair de casa também acaba sendo uma boa oportunidade para se engajar em novas atividades e conhecer mais pessoas.
  3. Praticar exercícios físicos - Sabe-se que praticar exercícios regularmente tem um efeito antidepressivo e ansiolítico. Os melhores resultados são vistos quando a pessoa está acostumada a fazer exercícios aeróbicos, ou seja, os resultados não vêm da noite para o dia.
  4. Mudar sua dieta - Algumas substâncias podem melhorar o nosso humor no dia-a-dia, como o triptofano e a α-Lactoalbumina (presente no leite). Além disso, uma boa alimentação poderá te fazer se sentir melhor e melhorar a autoestima.


Essas dicas não são novas, mas acho legal ver um artigo sério demonstrando estas afirmações através de referências científicas. Costumo sempre dizer que nenhum comportamento vem “do nada”, portanto, se a pessoa está deprimida ou simplesmente um pouco triste, é importante rever os aspectos do seu dia-a-dia para encontrar as fontes dessa tristeza. Ninguém consegue mudar o que sente sem mudar o que faz.
ResearchBlogging.orgYoung SN (2007). How to increase serotonin in the human brain without drugs. Journal of psychiatry & neuroscience : JPN, 32 (6), 394-9 PMID:18043762

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

domingo, 21 de outubro de 2012

Conheça alguns alimentos termogênicos naturais - dicasdemusculacao.com


Esta precisando aumentar seu metabolismo, mas não pode usar suplementos termogênicos? Então conheça os melhores alimentos termogênicos naturais!

Como sabemos, os termogênicos são substâncias capazes de, com o aumento da temperatura corpórea causada por mecanismos diversos, acelerar o metabolismo, favorecendo inúmeros processos como a melhor utilização de fontes energéticas primárias e, por conseguinte, de estoques também, auxiliando na redução da gordura corpórea, aumentando a performance, entre outros. Hoje iremos falar não de suplementos termogênicos, mas sim de alimentos termogênicos naturais!
alimentos termogenicos naturais Conheça alguns alimentos termogênicos naturais
A venda e uso de suplementos termogênicos esta cada vez maior em todo o mundo, porém muitas pessoas se deparam com uma grande decepção ao perceberem que que não podem utilizar este tipo de suplemento. Os motivos são vários, desde impossibilidades financeiras (visto que bons produtos são caros), a sensibilidade do organismo, assim rejeitando o produto e até a pessoas que se enquadram em contra-indicações do produto, como problemas cardíacos, alterações na tireóide e etc. Para estas pessoas, a solução é procurar em alimentos naturais os princípios ativos da termogênese.
E é justamente por isso que, de alguma forma, faz-se necessário uma avaliação e uma busca por caminhos alternativos, dentre eles, a utilização de substâncias que possam exercer papel próximo aos destes compostos. Aliás, substâncias essas que, de fato muitas vezes são o (s) princípio (s) ativo (s) desses produtos caros e de embalagem bonita.
Hoje, conheceremos alguns destes alimentos termogênicos naturais e suas principais funções, para que assim, você possa ajudar, não só seu bolso, mas também, sua motivação e, claro, a busca por seus resultados.

# Canela

canela termogenico Conheça alguns alimentos termogênicos naturais
canela, uma especiaria utilizada desde a antiguidade, de um tronco original do Siri Lanka é não só um aromatizante, mas um combinado de substâncias que possuem efeitos dos mais benéficos no corpo: Conhecida principalmente por auxiliar na redução e no controle da glicemia pós-prandial, principalmente em indivíduos portadores de Diabetes Mellitus Tipo ii e pessoas com pré-diabetes, devido a alguns de seus polifenóis, a canela é também um alimento termogênico natural. Seus minerais, como o cálcio também são fundamentais no auxílio da redução do percentual de gordura corpórea.
Além disso, ela ainda apresenta benefícios extras como a ajuda no controle da pressão arterial, e nos níveis da lipoproteína transportadora de lipídios LDL (conhecida por transportar o colesterol de vias exógenas).

# Pimentas

pimenta vermelha termogenico Conheça alguns alimentos termogênicos naturais
As pimentas são já há anos também, especiarias das mais diversas utilizadas em inúmeras preparações alimentícias, medicinais, decorativas, funcionais ao meio, etc. Encontradas nas suas mais diferentes variedades e formas e também processadas das maneiras mais comuns e incomuns que podemos imaginar, as pimentas apresentam não só grande teor de vitaminas, sais minerais e outros compostos interessantes ao corpo, mas também, substâncias que são termogênicas (aliás, não é a toa que muitos indivíduos costumam transpirar ou ter um aumento imediato no corpo ao comerem pimentas.),
A pimenta vermelha, por exemplo, é rica em uma substância chamada capsaicina, um graxo (responsável pela ardência da mesma), favorecedora da lipólise e que também age como nutriente vasodilatador. Outros benefícios ainda, das pimentas, são suas vitaminas antioxidantes, como a C e seus inúmeros minerais.
Estudos demonstram que a utilização de pimentas em pratos quentes, podem ajuda consideravelmente o aumento do metabolismo, favorecendo assim uma maior queima de gordura.

# Derivações da planta Camellia sinensis

planta camellia sinensis termogenico Conheça alguns alimentos termogênicos naturais
Ao ler esse nome estranho, você deve ter, provavelmente, pensado que essa é um tipo de nova substância, ou algo do tipo, não é mesmo? Pois bem, e se disséssemos que este é o famoso e conhecido “Chá”? Na realidade, chá da planta Camellia senensis, por definição, é o único chá, dando origem ao que conhecemos como “chá verde”, “chá branco” e “chá vermelho” (a depender do tempo em que o mesmo e colhido). Assim, o que conhecemos, por exemplo, como “chá de pitangueira”, assim é denominado de maneira incorreta, sendo o correto então que o chamemos de “infusão de pitangueira’, assim como as demais infusões como hortelã, anis ou outra qualquer.
Mas, o foco deste não é a terminologia, mas sim, os efeitos que o mesmo apresenta não tão somente em aspectos relacionados a termogênese, mas também a perda de gordura em geral, além de apresentar bons níveis de nutrientes antioxidantes como o ácido ascórbico.
Possuindo uma substância chamada epigalocatequina, o chá é capaz de através dela, aumentar os níveis metabólicos (e a termogênese) e, por conseguinte, apresentar uma melhor perda de gordura corpórea. Ainda sobre, o chá é um excelente diurético e possui alguns poucos estimulantes, que contribuirão para a diminuição nos níveis de retenção hídrica.
Entretanto, para se obter os benefícios desse, são necessárias cerca de 4-6 xícaras de chá por dia, tornando muitas vezes seu consumo um pouco mais inviável para algumas pessoas.

# Cafeína

cafeina termogenico Conheça alguns alimentos termogênicos naturais
cafeína é uma das metilxantinas (alcaloide) mais antigas e conhecidas no mundo por seu poder estimulante e, em alguns casos, milenarmente utilizada na medicina também, para inúmeras finalidades. E não é a toa que até hoje, encontramos essa substância em diversos medicamentos.
Entre os principais efeitos da cafeína, podemos destacar seu alto poder estimulante (inclusive causando alguns transtornos para alguns tipos de indivíduos, como os que tem gastrite, uma vez que a mesma possibilita uma maior secreção de suco gástrico), diurético e, o que é o nosso enfoque aqui: termogênico. – E, diga-se de passagem, hoje, é muito raro encontrarmos se quer um suplemento termogênico que não possua cafeína (mesmo que em baixas quantidades) em sua composição.
Além disso, a cafeína, não unicamente é utilizada na perda de peso por ser termogênica, mas, por sinalizar sinais lipolíticos, ou seja, de catabolismo de lipídios estocados nos adipócitos, o que possibilita a utilização dos mesmos como fonte de energia.

# Algumas fontes de lipídios

Algumas fontes de lipídios tais quais os conhecidos MCTs (lipídios de cadeia média) ou o Ômega-3tem apresentado (em especial o ômega-3) bons níveis de termogênese, fazendo assim com que, através de sua utilização, seja possível uma melhor metabolização da gordura corpórea.
Verdade seja dita: O alimento em si , já possui um certo efeito termogênico, entretanto, com a utilização desses óleos diariamente na dieta e, claro, nas quantidades mínimas necessárias (ou seja, pouco adiantará os consumir uma vez ao dia) somente auxiliará neste processo, não sendo então o fator de principal relevância.
Em especial, a utilização de W-3 vem sendo apresentada ainda melhor do que a de MCT, seja para a termogênese ou seja para processos otimizadores do metabolismo e, por conseguinte da queima de gordura corpórea.
Entre as fontes de gordura também relacionadas com a termogênese, estão o CLA, por exemplo, mas, estes normalmente estão presentes em suplementos alimentares, que não são nosso foco hoje.

# Proteínas

Isso mesmo, as proteínas! Um dos alimentos consumidos com a principal finalidade de construção e reparos, é também um dos nutrientes que mais tem a capacidade do aumento da temperatura corpórea. Isso porque, estes são nutrientes de difícil digestão e, principalmente, demandam quantidades relativamente significativas, quando comparado aos carboidratos, por exemplo, para terem sua efetividade de absorção no trato gastro-intestinal. As proteínas podem chegar a aumentar a termogênese em até 20% em relação a esses.
Portanto, um consumo adequado de proteínas nas refeições, além de auxiliar na manutenção ou ganho muscular, também, indiretamente auxiliará na queima de gordura corpórea.

# Casca de laranja

casca de laranja termogenico Conheça alguns alimentos termogênicos naturais
casca de laranja (Citrus aurantium) tem se mostrado tão eficaz na redução de gordura corpórea, que, até mesmo algumas pesquisas já a reportam melhor do que a efedrina, nesse aspecto, pela presença de seus beta agonistas também. Um desses compostos, é a sinefrina, presente no seu pericarpo (fortemente estimuladora da lipólise celular).
A casca de laranja é normalmente utilizada quando fármacos ou outras substâncias não são viáveis por algum motivo, normalmente, entre os mais comuns, estão os já citados anteriormente no início do artigo.
Um outro fator que vem sido mostrado com a casca de laranja é seu poder de controle de glicemia e controle do apetite, o que fará com que o indivíduo corra menos riscos de beliscar algo o tempo todo e acabar por ingerir calorias excedentes ao necessário para seu objetivo.

# Gengibre

gengibre termogenico Conheça alguns alimentos termogênicos naturais
Gengibre é uma raiz que, aparentemente, por sua aparência, não deveria apresentar tantos benefícios como apresenta. E, claro, pelo desconhecimento de muitos, sua maior utilização acaba sendo unicamente como especiaria, quando, na verdade, ele ainda pode apresentar muito mais vantagens: Combate a enxaquecas, cólicas, doenças crônicas e, claro, o aumento de gordura corpórea, visto seu alto poder termogênico, o que o torna bastante frequente em produtos dessa natureza.
Seus benefícios se devem a seu estímulo na produção de catecolaminas, que estimulam a lipólise (assim como a cafeína), na absorção de lipídios, que se torna diminuída e finalmente na maior conversão de colesterol em ácidos biliares (visto que o colesterol é matéria-prima para tais).
Conclusão:
Apesar de sua efetividade e também de sua relativa segurança, os alimentos termogênicos naturais também merecem certo grau de cuidado e que jamais deve ser negligenciado. Enquanto, de fato eles podem ser uma forma auxiliar para pessoas que não podem por algum motivo utilizar de substâncias sintéticas ou produtos desses mais comuns no mercado, eles devem ser orientados adequadamente em seu uso por um bom profissional de nutrição e que, preferencialmente ainda seja especializado neste ramo. Isso porque, além de fatores como hipersensibilidades e outros, a maioria dos compostos, mesmo que sintéticos, são derivados desse tipo de produto, fazendo com que, muitas vezes, a depender da dosagem, eles tenham efeitos muito próximos. Lembre-se que não é porque estamos falamos de algo natural que devemos considerar o uso indiscriminado!
Dieta, treinamento intenso, descanso adequado e devidas periodizações são sempre os principais fatores a serem seguidos a risca e, da melhor maneira possível, seja com o sem o uso de quaisquer substâncias, sintéticas ou não. Certamente, é através destes que é possível mesmo obter bons resultados na perda de gordura corpórea.
Artigo escrito por Marcelo Sendon 

Veja site original da reportagem:

Ondas alfa fecham cérebro contra distrações

Ondas alfa fecham cérebro contra distrações

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Pinda: Dayane Evelin é top 10 no Brasileiro de Ginástica Artística

Pinda: Dayane Evelin é top 10 no Brasileiro de Ginástica Artística

Aulas de musculação do Projeto Envelhecer bem garantem bem estar dos participantes - Portal da Novidade

"Iniciado dia 4 de julho de 2011, pelo Fundo Social de Solidariedade de Indaiatuba (Funssol), o Projeto Envelhecer Bem tem como objetivo proporcionar uma melhor qualidade de vida para as pessoas da 3ª idade através de sessões de musculação visando um treinamento físico para amenizar as perdas funcionais durante o processo de envelhecimento. O Projeto Envelhecer Bem, promovido pela Prefeitura de Indaiatuba por meio do Fundo Social de Solidariedade (Funssol), Secretaria de Esportes com apoio da Secretaria de Saúde e Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura (Fiec).
 
A Presidente do Funssol, Enides Nogueira Lopes Cruz enfatizou que muitos os projetos desenvolvidos pelo Fundo para contribui para a saúde e qualidade de vida dos indivíduos na terceira idade do município. “Inauguramos recentemente a Praça de Exercício do Idoso no Jardim Pau Preto, temos aulas de Hidroginástica no CET e o Projeto Envelhecer Bem que são as aulas de musculação. “A prática da musculação contribuem para melhora da saúde e qualidade de vida na terceira idade”.
O professor de Educação Física, Micael Martini é responsável pela execução do projeto, explicou que as atividades físicas beneficiam também o fator psicossocial com a diminuição do estresse, aumenta a interação social, confiança, auto-estima, independência."
Veja re´portagem completa clicando no endereço abaixo:

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Cristiano dos Santos - Empresário e Fundador da Loja Estética: Tratamentos de Beleza Ajudam Homens na Luta Contra...

Cristiano dos Santos - Empresário e Fundador da Loja Estética: Tratamentos de Beleza Ajudam Homens na Luta Contra...:   Os homens podem cuidar das unhas, dos cabelos, da barba e até fazer tratamentos de pele. Pequenos cuidados fazem uma tremenda diferen...

Por que devemos fazer limpeza de pele com profissionais especializados?


A pele da face possui muitos poros e folículos pilosos de onde nascem os pelos. Nos folículos pilosos encontramos as glândulas sebáceas que secretam sebo para a proteção da pele e para a caracterização do odor humano. O sebo ajuda a manter a textura da pele e a flexibilidade dos pelos.
Muitas células da superfície da pele se desenvolvem, envelhecem e morrem formando uma fina camada sobre a pele juntamente com o sebo secretado pelas glândulas sebáceas e o suor secretado pelas glândulas sudoríparas.
A pele possui várias bactérias que ajudam na manutenção de sua saúde e que, em excesso, podem prejudica-la.
Todas essas substâncias mais as bactérias que não fazem parte da flora cutânea, mais a poluição e os raios solares que desgastam a pele, formam uma barreira que dificulta a respiração do tecido entupindo os poros e os folículos.
A higiene e os cuidados diários como lavar, hidratar e foto proteger a pele ajudam a mantê-la equilibrada e limpa. Mas de tempos em tempos devemos fazer uma limpeza mais profunda para alcançar melhores resultados.
Esta limpeza consiste em remover a camada que bloqueia a respiração da pele, ou melhor, as células mortas e o excesso de fungos bactérias e sebo, equilibrar o pH e cuidar de possíveis pequenos danos ou ferimentos causados à mesma.
O procedimento de limpeza profunda não deve ser feito em casa porque os dermatologistas e esteticistas costumam utilizar produtos da linha profissional em todas as etapas da limpeza. Eles geralmente são mais concentrados  e mais eficientes do que produtos de uso caseiro. Materiais descartáveis como luvas e materiais corretamente esterilizados são muito importantes para evitar contaminações. Além, disso, há aparelhos específicos como, por exemplo, o de “alta frequência” que tem efeito bactericida e fungicida e ajuda a reduzir a abertura dos poros para diminuir a entrada de sujeira e também melhora a circulação sanguínea local e a oxigenação da pele.
Por isso, se você tem um pele equilibrada, sem muita acne, procure um dermatologista ou um esteticista capacitado para fazer uma limpeza de pele profunda pelo menos a cada 6 meses. Se tiver uma pele acneica procure primeiro um dermatologista para avaliar o grau de sua acne. Alguns casos mais graves necessitam de tratamentos especiais como o uso de antibióticos orais ou tópicos. E dependendo das orientações médicas, procure fazer limpezas profundas a cada 2 meses, 1 mês ou até com mais frequência  para manter a pele equilibrada e sadia.

Adriana de Souza Pereira
Profissional de Educação Física e Esteticista
http://br.linkedin.com/in/adrianadesouzapereira

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Natural, óleo de melaleuca combate acne e reforça hidratação - TERRA.COM

"AGÊNCIA HÉLICE
Especial para o Terra

Com poderosa ação antibactericida e antifúngica, o óleo de melaleuca é um dos extratos medicinais mais versáteis e famosos por sua capacidade de combater a formação de acne no rosto, controlar a oleosidade da pele e ainda reforçar a hidratação. Os benefícios da substância, derivada de uma planta australiana, devem-se à sua composição complexa, formada por mais de 40 componentes, que juntos ajudam a tratar inflamações cutâneas de forma simples e natural.
O óleo de melaleuca tem ação secativa sobre a pele e, principalmente, sobre as espinhas. “Por isso, funciona como um eficaz adstringente natural”, explica Valcinir Bedin, dermatologista e diretor do Centro Integrado de Prevenção do Envelhecimento (CIPE). Graças ao seu poder cicatrizante, antisséptico e anti-inflamatório, o ativo ainda pode ser utilizado para acabar com outros problemas cutâneos, como micoses, picadas de insetos, queimaduras, brotoejas, dermatites, herpes e verrugas. 
Apesar de ainda ser pouco conhecido pelo grande público, o óleo de melaleuca já é bastante utilizado pela indústria cosmética brasileira. De forma geral, o ativo é incorporado a cremes, sabonetes líquidos e géis para o tratamento da acne e da pele oleosa (a substância também pode ser usada pura sobre as espinhas) e em xampus e loções capilares para prevenção da caspa e seborreia.
No Brasil, a linha PCAcne da Mezzo Dermocosméticos usa óleo de melaleuca em sua composição. Os produtos são compostos por uma associação de ativos (óleo de melaleuca, microesferas de bambu, ácido láctico e ácido salicílico, além de zinco, cobre e potássio) para cuidar da pele que apresenta cravos e espinhas. A coleção conta com gel esfoliante (R$87,14), gel hidratante (R$52,29), espuma de limpeza (R$ 66) e sabonete vegetal (R$11,10).
O óleo de melaleuca ainda pode ser usado sozinho na forma tópica. O tratamento pode ser feito diariamente, uma vez ao dia. “Como todo óleo, ele forma um filme sobre a cútis, impedindo a evaporação da água da superfície da pele, evitando a oleosidade e aumentando a hidratação de ambos”, resume Valcinir.  
Resultados e contraindicações
Os inúmeros benefícios provocados pelos produtos feitos à base da substância e pelo próprio óleo de melaleuca em si podem ser percebidos depois de uma a duas semanas de uso. Para intensificar os resultados, o ativo pode ser associado a antibióticos e outros anti-inflamatórios.
Geralmente, os cosméticos feitos com o óleo de melaleuca não apresentam restrições de uso, mas, em alguns casos raros, o contato direto da substância com a pele pode desencadear dermatite de contato alérgica em pessoas sensíveis ao produto. “Por isso, recomenda-se testar o ativo antes de aplicá-lo completamente sobre a pele, assim como uma consulta prévia ao dermatologista para evitar dermatites”, ressalta Jefferson Alfredo de Barros, dermatologista e professor de Dermatologia da Faculdade de Medicina do ABC (UFABC)."
Veja reportagem original clicando no endereço abaixo:

Novo demaquilante remove maquiagens pesadas em todos os tipos de pele - TERRA.COM

"Algumas makes podem ser muito difíceis de remover, exigindo mais tempo e disposição de muitas mulheres, sem contar que a fricção excessiva causada pela repetição dos movimentos pode agredir a pele. Pensando em facilitar este processo, a L´Oréal Paris lançou um demaquilante com formulação mais potente que promete facilitar a limpeza, em todos os tipos de pele."
Veja reportagem completa clicando no endereço abaixo:
http://beleza.terra.com.br/sua-pele/vitrine/novo-demaquilante-remove-maquiagens-pesadas-em-todos-os-tipos-de-pele,aab1115450f69310VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html

Cuidados à base de ouro e diamante mantêm pele lisa e jovem - TERRA.COM

"Presentes em composições de máscaras faciais, em cremes sofisticados e em diversos tratamentos estéticos, o ouro e o diamante são capazes de devolver a elasticidade da pele. Os tratamentos também prometem reduzir até mesmo rugas, linhas de expressão, poros dilatados e cicatrizes de acne, principalmente nas regiões do rosto e pescoço. Por isso, têm sido cada vez mais utilizados com a função de tonificar a cútis, trazendo glamour para a área estética.
Esteticistas defendem que minerais como ouro e diamante ainda remineralizam a pele, poupam colágeno e melhoram a hidratação. “Tais benefícios são observados principalmente ao serem combinados com silícios orgânicos, retinol e vitamina C”, avalia Maurício Pupo, professor de cosmetologia e farmacêutico graduado pela PUC-Campinas."
Veja reportagem completa clicando no endereço abaixo:

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Os benefícios da musculação na adolescência - EXAME.COM

" Ao contrário do que muita gente pensa, a prática não traz prejuízos para a saúde dos jovens, desde que seja feita com a orientação de profissionais capacitados. Na adolescência surgem as inseguranças com relação ao corpo e a aparência. Nessa fase muitos jovens decidem recorrer à musculação em busca da forma física perfeita. A malhação tornou-se então uma atividade procurada cada vez mais cedo. O desejo de ingressar em uma academia para a prática da modalidade gera dúvidas nos pais, que não sabem se a atividade pode trazer problemas para a saúde dos filhos.
Antigamente acreditava-se que os exercícios com pesos dificultariam a fase do crescimento, mas esse mito já está superado. Hoje existem estudos que comprovam os fatores positivos no desenvolvimento dos adolescentes. “Não há nada que impeça a prática da musculação, desde que a atividade seja bem orientada”, explica o professor Ricardo Roberti, da Academia Equilíbrio ABC."
Veja reportagem completa clicando no endereço abaixo:
http://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/boa-forma/noticias/os-beneficios-da-musculacao-na-adolescencia

Farinhas de frutas ajudam a perder peso e mantêm pele jovem - TERRA.COM

"Farinhas produzidas a partir de cascas de frutas como maçã, uva, amora, laranja, maracujá e banana verde são conhecidas por estimular o correto funcionamento do organismo. Além desta importante função, o pó também pode ter benefícios estéticos, ajudando na perda de peso e no combate à ação do tempo na pele.
Ricas em fibras, vitaminas e substâncias antioxidantes que combatem o envelhecimento celular precoce, as farinhas de frutas são indicadas às pessoas que procuram perder peso, pois tornam a absorção de carboidratos e gorduras mais lenta e ainda aumentam o chamado bolo alimentar - formado quando a comida é processada e digerida pelo estômago. "
Veja reportagem completa clicando no endereço abaixo:

domingo, 5 de agosto de 2012

Estou sem dinheiro para comprar Whey Protein. Será que irei conseguir aumentar minha massa muscular sem este suplemento? - Dicas de musculação


O whey protein que conhecemos hoje, da maneira industrializada é resultado de uma tecnologia extremamente avançada, complexa e cara na qual possibilita a retirada da parte mais nobre de uma das proteínas presentes no leite e que possui um altíssimo valor biológico para o corpo humano. Desta forma, diante de tanta tecnologia e funcionalidade, o whey protein tornou-se um dos suplementos mais difundidos no mundo todo, seja na área esportiva, a qual é o nosso principal enfoque, ou na nutrição geral, possibilitando um aporte protéico adequado e capaz de suprir necessidades específicas de cada indivíduo.

e possivel crescer sem whey protein É possível crescer sem whey protein?
O marketing feito em cima dessa proteína, diante de tanta difusão, também não poderia ser pequeno: Anualmente inúmeros milhões e bilhões de reais são investidos em novas fórmulas, tecnologias, propagandas, divulgações, contratação de atletas e garotos-propaganda etc. Isso, cada vez mais faz com que o consumidor acabe por se alienar diante de tanta informação e, o que aparentemente deveria ser totalmente aproveitável e eficaz, se torna apenas mais uma forma de gastos desnecessários.
É indiscutível o quão funcional é o whey protein e suas vantagens. Aliás, se hoje existe um suplemento que ultrapassou quaisquer barreiras e de uma forma ou de outra não veio a se perder ou ser esquecido no mercado, esse pode ser considerado o whey protein. Mas, até que ponto todos esses benefícios são reais e, até que ponto realmente se vale a pena este tipo de produto e os altos investimentos que são feitos no mesmo?
Verdade seja dita: Apesar da proteína em si ser um macronutriente fundamental e indispensável para o corpo humano, muitos, por não terem as devidas orientações e tampouco os devidos e corretos protocolos de utilização da mesma (seja direto de fontes alimentares tradicionais ou de suplementos alimentares), acabam por fazer um consumo totalmente inapropriado e, muitas vezes excedente ao necessário pelo corpo.
Sabe-se que o consumo de proteína imediatamente após o treinamento possibilita uma maior síntese protéica e, sabe-se também que esta é uma das melhores formas de otimizar a recuperação muscular. Assim, quanto mais rápido pudermos fornecer aminoácidos na corrente sanguínea nesse instante, melhor será. Por conseguinte, devido as hidrólises ocorrentes no whey protein e, consequentemente uma digestibilidade mais rápida, essa é uma excelente opção neste instante. Além disso, sua forma líquida possibilita uma ação enzimática ainda mais rápida. Os baixos ou inexistentes, em alguns casos, teores de lipídios, fibras e carboidratos também fazem com que essa digestão seja ainda mais rápida. Todos esses fatores, somados ao alto valor biológico fariam então do whey protein o suplemento perfeito, não é mesmo? Isso tudo vendo apenas pelo lado das vantagens, é claro…
Porém, digamos que um indivíduo não queira ou não possa investir em um whey protein (e um bom whey protein), estaria ele condenado a não ter bons resultados no ganho de massa muscular? Vamos colocar alguns pontos críticos em questão:
Desenvolver músculos não é algo fácil, mas, é algo que naturalmente ocorre em indivíduos normais desde que haja um estímulo e uma supercompensação do tecido muscular. Para que isso ocorra, entre outras coisas, faz-se necessária a síntese protéica e, síntese essa obtida através de aminoácidos normalmente povenientes da dieta. Mas, se bem lembrarmos, o músculo é formado por proteínas, entre outras coisas e, proteínas são formadas por CENTENAS DE AMINOÁCIDOS. Então, não é necessariamente essa ou aquela proteína ou tampouco esse ou aquele aminoácido que irá fazer com que a síntese muscular ocorra de maneira efetiva, mas sim, um conjunto e uma boa biodisponibilidade deles. Por exemplo: Um indivíduo que não consome derivados de carnes, ou um ovolactovegetariano, pode ganhar massa muscular? Certamente sim e, inclusive, de maneira tão grande ou até maior do que um indivíduo “carnívoro”, a depender da genética, dos hábitos, da dedicação etc. Mas, obviamente, fica mais fácil para um indivíduo que não é restrito em sua dieta fornecer nutrientes para a construção muscular. Da mesma forma, um indivíduo que não consome whey protein pode sim ganhar massa muscular, mas, se pudermos adicionar essa proteína na dieta, então, poderemos (e você leu bem: PODEREMOS) otimizar o processo.
O fato é que muitos fazem da proteína do soro do leite a descoberta do século ou o suplemento milagroso, quando ele está bem longe de ser. Essa velha história de que o whey protein é IMEDIATAMENTE ABSORVIDO está longe de ser verdade e, mesmo que ele fosse absorvido no exato instante em que passa do canal pilóico e consequentemente pelo duodeno, ainda temos que contar com o tempo em que o corpo leva para sintetizar as proteínas necessárias e de acordo com o nosso código genético para refazer o tecido muscular. Ou você acha que aquela proteína do whey ou aquele aminoácido vai “direto ao músculo”?
Vejamos atletas antigos e também as épocas do fisiculturismo onde se tinha um pouco de “Karo” com banana antes do treino e algumas claras de ovos com torrada no café da manhã… Os atletas deixavam de construir bons corpos por isso? Claro que, dentro dos padrões de hoje eles estariam muito aquém, mas, levemos em consideração que a tecnologia e as otimizações não só da suplementação, mas da farmacologia, de treinamento e da nutrição também evoluíram muito, contribuindo então para isso.
Mesmo recentemente, não são muitos os atletas que costumam consumir o famoso “shake pós-treino”. Muitos, simplesmente saem do treino e se alimentam. Comem comida, carnes, carboidratos. E é isso que faz a diferença. Dentro de uma dieta para hipertrofia muscular, o que mais fará a diferença não é o shake pós-teino ou tampouco o suplemento que você usa, mas sim, o ambiente anabólico proporcionado ao corpo. Ambiente este que envolve o total calórico, a quantidade e distribuição desse conteúdo calórico durante o dia, a quantidade e distribuição hídrica e de macro/micronutrientes durante o dia… e isso, sem contar o treino e seus métodos, as periodizações e o descanso e, claro os fatores relacionados a genética e fenótipo do indivíduo.
Conclusão:
Whey Protein é uma ótima fonte protéica de altíssimo valor biológico e que pode não só auxiliar no ganho de massa muscular, mas também, em uma nutrição adequada para quaisquer indivíduos que deste precisem.
Entretanto, apesar de toda sua funcionalidade e de efetivamente poder auxiliar na obtenção de resultados, o Whey Protein está longe de ser um suplemento milagroso e, assim como a maioria dos suplementos (a não ser em casos clínicos, claro) é sim dispensável. Portanto, não se desiluda caso você não tenha condições de utilizar whey protein ou caso não queira. Com dedicação e, principalmente protocolos básicos corretos, você certamente atingirá os seus resultados.
Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)

Veja site original desta reportagem clicando no endereço abaixo:

Miomas uterinos podem nunca necessitar de intervenção

Miomas uterinos podem nunca necessitar de intervenção

Desigualdade nas Olimpíadas humilha países mais pobres

Desigualdade nas Olimpíadas humilha países mais pobres

Levantar peso sem danos à coluna: como e quanto?

Levantar peso sem danos à coluna: como e quanto?: Enquanto alguns ortopedistas recomendam que uma pessoa levante no máximo 50% do seu peso, outros preferem uma recomendação menos genérica.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Corte 100 calorias por dia e comece a emagrecer - Saúde é vital


Grandes renúncias à mesa, não. Pequenas reduções calóricas, sim. Essa é a receita que leva à tão sonhada perda de peso. Agora, se você ingerir 100 calorias a mais diariamente, vai ganhar de 4 a 5 quilos em um ano. Péssimo, não é? Então, trate de seguir as recomendações da nutricionista Vanessa Franzen Leite, da Clínica Emagrecimento, Beleza e Saúde, em Porto Alegre


Veja reportagem completa clicando no endereço abaixo:

domingo, 29 de julho de 2012

Dieta rica em sal descarta cálcio do corpo

Dieta rica em sal descarta cálcio do corpo: Os problemas começam porque, ao contrário do sódio, o cálcio não estava em excesso, levando a condições como pedras nos rins e osteoporose.

terça-feira, 24 de julho de 2012

Acupuntura pode curar os sintomas da depressão

"Estudos indicam que a depressão é a quinta doença mais comum entre os brasileiros. Conhecida mundialmente por causar uma desordem química no cérebro e reduzir o envio de estímulos ao corpo, como as sensações de prazer, bem-estar, tristeza e alegria, atualmente, a depressão atinge cerca de 10 milhões de brasileiros, segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde).
De acordo com os estudos da PNAD (Pesquisa Nacional de Amostras em Domicílios), a depressão é a quinta doença mais frequente entre os brasileiros - o índice revela 4,1% das 59,9 milhões de pessoas que sofrem com alguma doença crônica.
A depressão mais comum é aquela seguida de algum trauma - como a morte de uma pessoa querida ou uma doença grave. No sexo feminino a ocorrência da doença afeta duas mulheres para cada homem, isso porque há uma maior variação de hormônios durante a gravidez e o período pré-menstrual.
A acupuntura é um caminho eficaz para os sintomas mais comuns, como esclarece a acupunturista da Clínica Reacciona, Luciana Meneghel. “A acupuntura irá amenizar ou até curar os sintomas da depressão, entre eles o humor deprimido, a perda de interesse ou prazer pelas atividades do dia a dia, alterações do apetite ou peso, sono e atividade psicomotora, dificuldades para pensar, concentrar-se ou tomar decisões, diminuição da energia, pensamentos sobre morte, planos ou tentativas de suicídio, entre outros”"
Veja reportagem completa clicando no endereço abaixo:


Promoção de julho!


domingo, 15 de julho de 2012

"EDUCAÇÃO FÍSICA começa com "letras MAIÚSCULAS" - texto de Fabio Saba, Educador físico, professor, consultor e gestor de negócios, autor de livros e vídeos.

"Nasci para cuidar das pessoas. Percebo que você, profissional de Educação Física, também. 
Existo para invadir positivamente o bem-estar, para melhorar o sono, o humor e as relações interpessoais. 

Vivo em função de provocar mudança nos hábitos diários e influenciar comportamentos saudáveis. Comigo as pessoas dançam, jogam, se desafiam, crescem, se exercitam, aprendem. Pedalam, correm, nadam, lutam, ultrapassam limites e se tornam mais fortes, resistentes e flexíveis nos músculos e também nos pensamentos.

Adoro cuidar de adultos e idosos, mas tenho atenção especial com as crianças. Além disso, um dos meus maiores objetivos e aumentar a autoestima das pessoas.

Tenho a medicina, a fisioterapia e a nutrição como grandes irmãos. Também tenho o Esporte e o Lazer como grandes filhos ou serão pais? Gosto tanto do que faço, que as vezes me confundo! Será que trabalho ou me divirto?

Quem sou eu? Eu sou a Educação Física.

Peço a você profissional de Educação Física que continue a me ajudar a mexer com o corpo e principalmente com a cabeça das pessoas! Parabenizo e peço a você, que sempre me conduza com carinho e responsabilidade por toda sua carreira.

Com olhar atento, crítico e gentil, juntos, você e eu, poderemos melhorar a qualidade e a quantidade de vida das pessoas. Mas não se esqueça, humildade acima de tudo!
Parabéns, Profissional de Educação Física!"

(por Fabio Saba)

Veja mais sobre o autor clicando no endereço abaixo:
http://www.fabiosaba.com.br/

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Dicas para perder barriga - "Dicas de musculação"


"Dicas para perder barriga

Se pararmos para pesquisar as pessoas nas ruas e/ou estabelecimentos e as questionarmos sobre o que mudariam em seu corpo, provavelmente uns diriam que o nariz, talvez o contorno da boca ou do queixo, alguns gostariam de ser mais altos ou ainda outros optariam por ter o cabelo desse ou daquele jeito. Entretanto, certamente a resposta campeã seria a de perder alguns quilinhos, mais especificamente “perder barriga“. E realmente não é estranho que isso venha acontecer, visto que a frequência com que a o sobrepeso e a obesidade vem crescendo em nossa sociedade é extremamente assustadora.
dicas para perder barriga Dicas para perder barriga
São inúmeros os fatores que podem fazer com que o indivíduo comece a criar barrigaAlimentação inadequada, sedentarismo, hábitos alimentares incorretos, fatores hormonais não regulados, fatores genéticos, uso de medicamentos e/ou outras substâncias diversas etc. Certamente, observando isso, podemos ainda dizer que, esse acúmulo de gordura, ou mais precisamente aumento de barriga se dá por completo no corpo, em uma distribuição não equivalente, ou seja, apesar de acontecer no corpo todo, as proporções com que ocorrem em alguns lugares é maior ou menor, sendo variável de acordo com o sexo e, claro, com o que passamos a desenvolver no decorrer de nossos anos de evolução.
Pois bem, o aumento de gordura abdominal é muito mais frequente nos homens do que nas mulheres (que costumam aumentar sim a gordura abdominal quase tanto quanto os homens) que possuem um maior aumento na região dos quadris, pode gerar desconfortos que envolvem não só aspectos estéticos, mas, principalmente de saúde que é o que mais nos importa. Isso porque, comprovadamente o aumento da gordura no corpo pode causar inúmeros problemascardiovasculares (principalmente os decorrentes de dislipidemias), aumento na fadiga, diminuição no metabolismo basal, impacto nas articulações e outras estruturas do gênero, sobrecarga em ligamentos, síndromes metabólicas e muitos outros. Logo, como podemos ver, o problema vai muito mais além do que “a barriguinha de chopp”.
Mas, afinal, existe solução para perder barriga? A resposta é animadora: Sim, possui! Solução essa que, claro, pode demorar mais ou menos a depender do indivíduo e de suas condições, é claro. Mas, o importante é que, quanto antes iniciarmos um bom planejamento para sanar este problema, mais brevemente teremos resultados positivos também e, nos livraremos dos desconfortos. Portanto hoje, iremos discutir a respeito de algumasdicas que podem auxiliar na perda da gordura abdominal, deixando-o com a saúde em dia e um aspecto físico muito melhor, fazendo com que qualidade de vida e autoestima subam inacreditavelmente.

# Jamais acredite em dietas milagrosas

Isso mesmo! Se há algo que devemos fugir é de qualquer coisa que se diga ser milagroso. Felizmente, é possível sim perder gordura de maneira muito eficaz, mas, infelizmente, isso leva tempo para que, primeiramente seja bem feito e, em segundo não venha causar algum tipo de prejuízo para o indivíduo, principalmente relacionado à sua saúde.
É só abrirmos quaisquer revistas da moda ou até revistas das mais chulas e populares e encontraremos alguém falando sobre nutrição. Muitas vezes, inclusive, essa pessoa se quer é suficientemente capaz de decorrer sobre.
Essas dietas realmente propiciam uma perda de peso imediata rápida: Evitam o glúten, favorecendo o não consumo de muitas fontes de alta densidade energética, principalmente de glicídios tais quais pães, macarrão, produtos de farinha de trigo etc, evitam carboidratos em si, o que causa uma depleção grande de glicogênio e, também de água, significando menos peso na balança, evitam alimentos de densidade energética significativa e propõe o consumo de alimentos que, normalmente não suportam o corpo quando consumidos sós, propõe a utilização de chás e outros métodos diuréticos, propõe o uso de inibidores enzimáticos (o que pode ser um grande perigo) como a faseolamina etc, etc etc. Além disso, um indivíduo que nunca teve hábitos menos prejudiciais de alimentação, obviamente causará um grande impacto no corpo quando alterá-los, fazendo com que realmente haja a perda de peso.
Apesar disso, até que ponto podemos nós considerar isso duradouro? Até que ponto podemos considerar que extremos não prejudicam a saúde? Portanto, o melhor método é, ainda, reeducar os hábitos alimentares e os de vida em si. Dietas coerentemente energéticas e bem elaboradas, exercício físico bem orientado e descanso adequado já fazem muito bem o seu trabalho.

# Fibras alimentares sozinhas são inimigas, fibras alimentares e água são amigas

Isso mesmo! Se há um grande erro que muitos cometem é na utilização de fibras alimentares de modo inadequado. É indiscutível a necessidade e os benefícios que fibras alimentares trazem à saúde humana. Além disso, nesse grupo ainda estão os prébióticos, alimentos funcionais de extrema valia para inúmeros aspectos.
As fibras alimentares apresentam benefícios tais quais a redução do colesterol sérico, o aumento no trânsito intestinal pelo aumento do bolo fecal, maior saciedade, alguns estudos as mostram como preventivas à doenças tais quais as síndromes metabólicas e o câncer etc. Entretanto, fibras alimentares merecem um certo cuidado. Se consumidas em excesso ou até mesmo se consumidas sem a quantidade de água necessária e/ou suficiente, podem causar inúmeros prejuízos como constipação intestinal, inibição da absorção de alguns minerais e algumas vitaminas etc. Por isso, tão importante quanto consumir fibras alimentares é hidratar-se corretamente.

# Exercício físico é indispensável

Se há algo que estamos perdendo dia-a-dia com a agitação da vida e a falta de tempo é o exercício físico. Tudo bem que muitos estão na famosa “correria” o dia todo, mas, isso não é exercício físico programado e, tampouco é livre de estresse mental, psicológico e bem orientado. Desta forma, o exercício físico que é realizado por tempo dedicado, com locais e roupas adequadas, com duração e intensidade programados é eficaz, apenas.
É sabido que o exercício físico tem muitos benefícios que todos estamos carecas de saber. Alguns desses benefícios são: Redução do percentual de gordura corpórea, aumento da resistência física, aumento da capacidade cardiovascular, aumento da capacidade cardiorespiratória, aumento das sínteses proteicas, aumento da sensibilidade à insulina, prevenção de inúmeras doenças, fortalecimento de articulações, tendões, ligamentos e outras estruturas, melhora no sono, melhora na concentração, melhora no aproveitamento de nutrientes pelo corpo, entre tantos outros. Portanto, negligenciá-lo jamais é uma boa saída.
Quando estamos em um processo de perda de gordura corpórea, inevitavelmente, nosso balanço energético de alguma forma está negativo (a não ser que, simultaneamente estejamos aumentando a massa muscular e, consequentemente deixando a relação massa magra VS gordura maior para a massa magra). Isso faz com que a tendência de catabolizarmos a musculatura seja maior. O exercício físico é um estímulo não só físico, mas também hormonais e metabólicos para que isso, no mínimo seja minimizado. Principalmente o exercício físico resistido, ou a popular “musculação” pode ser muito útil nesse aspecto, estimulando a síntese proteica, fatores hormonais etc.
Entretanto, não importa qual seja esse exercício físico, desde que, em primeiro lugar ele lhe traga o mínimo de prazer e, em segundo seja SEMPRE bem orientado, repita. O importante é que, de fato haja essa prática.

# Corte o álcool

Se existe um nutriente que sou cético em aceitar em quaisquer tipos de dietas é o álcool. Por mais benefícios que tentem provar com essa ou aquela bebida, para mim, qualquer ingestão de álcool não é nada interessante, principalmente para quem visa ótimas condições de vida.
Obviamente, não são todos que conseguem cortar por completo esse mal, mas, evitá-lo ao máximo então é a escolha mais sensata.
álcool além de ser extremamente tóxico ao sistema nervoso central e prejudicar outras estruturas do corpo como neurônios, fígado e parede gástrica, ainda apresenta uma alta densidade energética vazia e, próxima aos lipídios, gerando quase o dobro de calorias do que até mesmo os carboidratos e proteínas. Enquanto carboidratos e proteínas fornecem 4Kcal/g, o álcool fornece 7Kcal/g, ficando apenas atrás dos lipídios, fornecedores de 9Kcal/g, porém no caso dos lipídeos são calorias que podem ser interessantes ao corpo se usadas da maneira correta, já o álcool…
O álcool ainda faz com que o fígado, a longo prazo, possa aumentar de tamanho, fazendo com que a parede gástrica venha a se dilatar, aumentando ainda mais a barriga. Como se não fosse suficiente, dificilmente bebemos, em um barzinho, confraternizando, por exemplo, sem uns belos acompanhamentos ou petiscos que podem aniquilar qualquer dieta: Bacon frito, lingüiça frita, amendoim torrado, queijos gordos (e com mais umas regadas de azeite), salaminho e outros embutidos e frios como a velha lingüiça etc. Isso, quando não estamos numa bela churrascada!!!
Além de tudo, o álcool apresenta fatores que podem levar ao catabolismo, ou seja, unimos calorias vazias que contribuirão para o aumento de gordura corpórea e, ao mesmo tempo, destruiremos massa muscular, o que trará um decréscimo no metabolismo também. Então, CUIDADO, MUITO CUIDADO COM O ÁLCOOL!
Outras dicas são:
- Beba bastante água;
– Consuma alimentos e bebidas diuréticas, eles farão com que a sua retenção hídrica diminua, diminuindo também o inchaço do corpo;
– Evite sal em excesso;
– Evite frituras, gorduras, doces, refrigerantes, produtos artificiais;
– Evite alimentos formadores de gases;e etc.
Conclusão:
Algumas dicas básicas e, um tanto quanto fáceis de serem seguidas podem auxiliar grosseiramente no processo de perda de barriga. Desta forma, atenção para todos os itens seguidos aliada a dieta, exercício físico e bom descanso garantirão pouco a pouco o sucesso em seus planos.
Gostaria de deixar bem claro também que não existe um processo de “perda de barriga”, o que você irá perder é gordura corporal e consequentemente a barriga também irá junto. Então não adianta pedir exercícios e nem nada específico para a perda apenas de uma parte do corpo, concentre-se nele por um todo."
Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)
Veja site original da reportagem clicando no endereço abaixo:

quarta-feira, 11 de julho de 2012

EMAGRECER ou PERDER PESO? Eis a questão!

Uma dúvida muito frequente entre as pessoas é qual diferença entre emagrecer e perder é como proceder nos dois casos.
Leia a matéria que explica tudo de forma simples e clara da página "Sentir Bem" do UOL clicando no endereço abaixo:
http://sentirbem.uol.com.br/index.php?modulo=beleza&prim=1&id=309&tipo

terça-feira, 3 de julho de 2012

TESTE: O QUE VOCÊ SABE SOBRE OBESIDADE?

Faça o teste do Emagrece Brasil clicando no link abaixo. É bem interessante!


http://saude.abril.com.br/emagrece-brasil/teste-obesidade.shtml

Rins - Shen - Espírito

Os rins tem como função o armazenamento da Essência ou da Energia Ancestral. Eles controlam o nascimento, desenvolvimento e a reprodução. Controlam os ossos.
Os rins são a base do Yang e do Yin. Controlam a água e a recepção do Qi.
Portanto, os rins são a raiz da vida.
(Fonte: Sistemas de Órgãos e Vísceras da Medicina Tradicional Chinesa - J. Ross)
Portanto, cuide bem dos seus rins. Beba bastante água, mas cuidado com os excessos que também podem prejudicar seu organismo. Normalmente, cerca de 2 litros de água por dia são suficientes para manter o corpo hidratado. Você pode tomar qualquer líquido como sucos e chás, mas o ideal é beber a água pura, natural. Em casos de desequilíbrios energéticos relacionados aos rins, procure um acupunturista para ajudá-lo. E, em casos de dores fortes ou a suspeita de doenças, consulte um médico.
A.S. Pereira

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Auriculoterapia

"A medicina tradicional chinesa, na sua versão clássica, apresenta nuances que variam da simplicidade meridiana a concepções filosóficas profundíssimas das quais  nem aos mais estudiosos é facultado o acesso.
Neste conceito estão os dogmas da acupuntura, da terapia por ervas, da moxabustão, do shiatsu e, particularmente, da auriculoterapia."
"A auriculoterapia é uma técnica da Acupuntura, que usa o pavilhão auricular para efetuar o tratamento de saúde, aproveitando o reflexo que a aurícula exerce sobre o sistema nervoso central."
"Cada aurícula tem pontos de reflexo que correspondem a todos os órgãos e funções do corpo. Ao se efetuar a sensibilização desses pontos por agulhas de acupuntura, o cérebro recebe um impulso que desencadeia uma série de fenômenos físicos, relacionados com a área do corpo, produzindo a cura."
(Tratado de Auriculoterapia, introdução e generalidades, Prof. Marcelo Pereira de Souza)